ORGANIZAR PARA CRESCER - 01


Todos sabemos que a vida adulta não é fácil e que com ela vêem inúmeras responsabilidades (faculdade, emprego, contas pra pagar...), é necessário uma boa organização para conseguir realizar tudo com sucesso! Cada pessoa possui um tempo diferente e por este motivo hoje trouxe três dicas simples que podem ser adaptadas para realidade de cada um. Fundamentais para quem deseja dar o primeiro passo. Lembrando que optar por uma vida organizada é para quem deseja crescer pessoalmente e profissionalmente. É para quem precisa ser mais produtivo, aproveitar melhor o tempo e adquirir hábitos que promovam mudanças positivas. Vamos começar?

1- Como e por onde começar?
♥ Iniciei minha busca com dicas de planejamento pessoal e o que mais encontrei foram textos voltados para utilização de planners e agendas. Ou seja, anotar e acompanhar! Atualmente existe no mercado uma infinidade de modelos e preços, até mesmo gratuitos para baixar, que torna-se até bem simples e acessível escolher conforme a necessidade. Vale investir e é um bom começo.

2- É importante definir prioridades!
Fazer planos de ação e preparar estratégias, estabelecer metas para alcançar objetivos a curto, médio e longo prazo... tudo isso permite ter uma visão bem ampla do que deseja alcançar e como pretender executar. Repassar o que se tem em mente para o papel é essencial até mesmo para não esquecer.

3- Um coisa de cada vez
 Tentar fazer tudo ao mesmo tempo apenas causa cansaço, diminui a produtividade e dificilmente torna-se possível concluir todas tarefas. Por este motivo, é fundamental realizar uma coisa de cada vez e ir conciliando as metas de modo que uma possa complementar a outra.
Organizar Para Crescer - faz parte de uma sequência de posts que serão publicados semanalmente com dicas que possam promover um estilo de vida organizado e simples.
Compartilhe conosco sua dica para uma vida mais produtiva e organizada!

SEJA MUITO BEM VINDA(O)


Seja muito bem vinda(o) ao blog Simplicidade Doce, mi casa es su casa!

O blog Simplicidade Doce ganhou vida no início de Dezembro de 2017, a partir da leitura do livro O poder da gentileza - Por Rosana Braga. E inicialmente conta com dois posts (primeiro texto, link aqui), sendo este segundo uma breve apresentação. 

Aqui no blog você encontrará textos que falam sobre  cotidiano, autoestima, estilo de vida, gratidão, gentileza, projetos, cultura... com sensibilidade, leveza e amor. Inicialmente a publicação dos posts ocorrerá três vezes por semana: segundaquarta e sexta-feiraAlém das postagens, temos as abas "categorias" caso queira ler sobre um tema específico. E o "Menu" acima do banner, contendo informações extras sobre o mim e o blog. 


A propósito, me chamo Glenda Alcântara! Além de ser apaixonada por dias chuvosos, filmes e séries de comédia romântica (especialmente os de época), quase todos os tipos de chás e livros que inspiram mudanças positivas. Sou de Belém-PA, ilustradora e blogueira nas horas vagas. No mais, tenho uma queda bem grande pelo estilo musical indie/folk, comida caseira, e gente que transmite calma. 

E para finalizar, me despeço pedindo que através do comentário deixe sua opinião a respeito do que achou, primeira impressão, sugestão ou crítica construtiva e seu link para que eu possa retribuir a visita... Dessa forma saberei que esteve por aqui. E se gostou do primeiro post, já deixo o convite para criar raízes e continuar nos acompanhando 

Abraços! 

Atenciosamente, 



A VIDA É FEITA DE MOMENTOS COLECIONÁVEIS


"A vida é feita de momentos colecionáveis"! Momentos que tornam-se parte importante de como vivemos e de quem somos. Tornam-se história e resultam em emoções inteiramente compostas de pessoas, lugares, coisas. Momentos que revelam o quanto fomos fortes e resilientes, que não nos permite esquecer que vida foi acrescentada ao tempo.

 É sempre muito difícil aceitar que até mesmo as lembranças ruins cooperam para o melhor que possamos nos tornar. Elas ferem, incomodam, não cicatrizam com a mesma facilidade com a qual machucam. Mas estão aí, não para lembrar que em algum instante fracassamos, e sim para recordar que se hoje o coração e a mente amadureceram, foi porque desafios foram superados e lições aprendidas.

 Entretanto, como falar do sentido de recordações e momentos ruins sem citar os bons? Que também existem para nos recordar que precisamos ser gratos e gentis dia após dia. Recordações que trazem a tona os melhores risos, olhares, abraços... Essências que nos fazem entender o real sentido e forma que há na felicidade.

 Mas afinal, o que são os momentos colecionáveis senão um amontoado de recordações que ressaltam nosso lado humano vivendo nos limites da emoção, aprendendo a reconhecer e extrair o melhor que nos cerca, nos aproxima, nos iguala e conecta?

 Que tal ouvir a trilha sonora que inspirou esse texto? 
 "Eu quero cantar
Eu quero dançar
Eu quero fazer tudo
 Eu não sou um fantasma"
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo